X

Emissão de Boletos ACESSE

Últimas Notícias

15/05/2017

COMO JÁ ERA DE SE ESPERAR, PERSEGUIÇÃO POLÍTICA E SUPOSTA MANIPULAÇÃO DE VOTOS MARCAM RESULTADO DAS ELEIÇÕES CONTER

Candidata “fantasma” é eleita em São Paulo e candidatos democraticamente eleitos são impugnados!



Absurdos e mais absurdos, o resultado das Eleições CONTER não decepcionaram nos quesitos: malandragem e roubalheira! O SINTTARESP já havia "cantado essa bola" em diversas de suas matérias e acertou em cheio! E isto pode ser comprovado com a divulgação do resultado das Eleições CONTER!

Liderado pelo Sr. Fernando Gerber, o qual é de conhecimento de todos que é executado pelo Tribunal de Contas da União (TCU), não restam dúvidas de que as estratégias utilizadas pela Comissão Eleitoral do Conselho Nacional demonstram de maneira explícita o desespero daqueles que compõem esta Comissão, de perderem o poder, e para tanto estão tomando atitudes que beiram o cúmulo do absurdo!

A perseguição política, por exemplo, parece ter sido a principal arma do Conselho Nacional nestas Eleições, que de forma covarde tenta manipular e pressionar os candidatos! Comportamento este que é atribuído às pessoas inseguras e fracas, que ao invés de objetivarem o bem comum da Categoria estão priorizando apenas os seus próprios interesses.

Cumpre destacar, que determinados candidatos, principalmente, aqueles que são declaradamente contra a atual gestão do CONTER, foram perseguidos durante todo o processo eleitoral e continuam sendo mesmo após terem sido democraticamente eleitos, como é o caso de um candidato, o qual o Conselho Nacional está tentando impugnar alegando ilegalidades na Campanha Eleitoral.

Acontece que os motivos alegados pela Comissão Eleitoral para impugnar este candidato foram igualmente cometidos por Lucia Helena Solha, que já fez parte do CONTER e integra o ciclo de amizades do atual Corpo de Conselheiros, no entanto logrou êxito eleitoral, haja vista que supostamente não descumpriu nenhum regimento eleitoral. Claramente suspeito, pois o que se vê é uma nítida tentativa de se aplicar sanções apenas para um dos lados!

Já que citamos Lucia Helena Solha, o SINTTARESP se vê na obrigação de informar a Categoria com relação à candidata “fantasma” eleita pelo CONTER para representar São Paulo!

Apesar dos esforços para encontrar os feitos da candidata, viajar parece ser, certamente, o grande e único legado de Lucia Helena. Palestras, Congressos e Seminários, nacionais e internacionais, boa parte deles contaram com a presença da mesma.

O que mais nos preocupa neste caso, além do número impressionante de viagens realizadas, é o longo período de ausência da candidata, afinal, tais eventos requerem disponibilidade integral de seus participantes. Será que este seria um bom motivo para justificar a inexistência de ações e projetos voltados à Radiologia? 

Devemos considerar que a assiduidade deve ser vista como um indicador de desempenho. E o que podemos observar, é que a candidata foge totalmente dos princípios da razoabilidade! Onde está seu comprometimento com a Classe?

O currículo de Lucia Helena demonstra que ela teve excelentes oportunidades e não aproveitou nenhuma delas, uma vez que apesar de já ter sido Conselheira do CONTER, presidente da Associação de Tecnologia em Radiologia do Estado de São Paulo (ATRESP), secretária da Asociación Latinoamericana de Tecnólogos en Imágenes Diagnosticas (ALATRA), e diretora da  Associação dos Técnicos e Tecnólogos em Radiologia do Sudoeste e Oeste do Paraná (ASSTROSPAR), não nos apresentou nenhum resultado concreto em prol da Radiologia. Neste caso, vale ressaltar que ao que tudo indica, Lucia permaneceu tendo ligações com os Órgãos acima citados durante a campanha eleitoral, fato este que representa uma inquestionável ilegalidade por parte da candidata! Será que o Conselho Nacional, também, não se atentou a este detalhe?

Provavelmente, Lucia é uma candidata que sequer os profissionais da Radiologia de São Paulo ouviram falar! Sendo assim, como seria possível esta senhora atingir o montante de votos declarados pelo CONTER?

Diante do exposto, podemos dizer que o resultado das eleições CONTER é completamente ilegítimo e não representa de fato a escolha dos profissionais da Radiologia. Dito isto, o SINTTARESP ratifica que seguirá lutando, até as últimas consequências, para suspender este pleito eleitoral! Para tanto, todas as denúncias encaminhadas ao Ministério Público Federal (MPF) já estão sob análise, para que sejam tomadas as medidas legais cabíveis! Não aceitaremos calados tamanho absurdo!

 
O RESULTADO DAS ELEIÇÕES CONTER É ILEGÍTIMO, ABSURDO, IMORAL E INACEITÁVEL!

ABAIXO É POSSÍVEL COMPROVAR A LIGAÇÃO DA CANDIDATA COM OS ÓRGÃOS CITADOS ACIMA DURANTE O PROCESSO ELEITORAL:






PRINT DO SITE DA ASSTROSPAR DO DIA 15/03/2017, EM QUE LUCIA HELENA AINDA CONSTAVA COMO MEMBRO DA DIRETORIA:

 
Mais Notícias
« voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 avançar »
www.infosind.com.br