Painel do Associado
Seja bem vindo ao
LOGIN DO ASSOCIADO


Voltar
RECUPERAÇÃO
DE SENHA

Atenção, enviamos o e-mail de recuperação de senha para:

Por favor, verifique seu e-mail para recuperar sua senha.

Carregando . . .

Notícia

publicado em 09/01/2019

SINTTARESP E DEPUTADA ESTADUAL RETOMAM PROJETO DE LEI DA RADIOLOGIA PARA LEVAR VOTAÇÃO AO PLENÁRIO

Leci Brandão e Sindicato seguem empenhados na aprovação do PL 770/16

Quem acompanha o trabalho desta entidade sindical sabe o quão engajada ela é com as causas da Classe almejando trazer progressos para a profissão. Em 2019 não poderia ser diferente. Retomaremos a todo vapor o Projeto de Lei 770/16 da Radiologia.

Todos nós sabemos das dificuldades que os profissionais das Técnicas Radiológicas enfrentam, a falta de emprego é uma das principais queixas dos trabalhadores que, muitas vezes, acabam migrando para outras profissões visando conseguir se inserir ou recolocar no mercado de trabalho.

De fato, isso ocorre exatamente como consequência da invasão de outros profissionais na área. O PL 770/16 tem como propósito resolver esse problema, justamente por isso tal propositura é fundamental.

No mês de junho de 2018, ocorreu a última atualização do Projeto após o parecer favorável da Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP). Anteriormente, já havia sido aprovado na Comissão de Administração Pública e Relações do Trabalho e Comissão de Constituição, Justiça e Redação.

Nunca é demais reforçar que a iniciativa de propor uma alternativa que solucionasse as lacunas da Lei Federal 7.394/85, foi da atual gestão do Sindicato, que ouviu os anseios da Categoria e não mediu esforços para tirar do papel e transformar em algo concreto.

Exclusividade

O objetivo principal do PL é tornar obrigatório o diploma de Técnico ou Tecnólogo em Radiologia, para a operação de equipamentos e fontes emissoras de radiação corpuscular e eletromagnética, bem como o devido uso de equipamentos de proteção individual para o cuidado, preservação e zelo da saúde dos pacientes e profissionais envolvidos na empregabilidade destas.

Seguindo o rito previsto, as proposições são votadas em Plenário depois de concluir sua tramitação pelas comissões de mérito. O SINTTARESP seguirá fazendo a sua parte e conta com o apoio e força de todos para conquistar mais essa vitória!

 
Assessoria de Imprensa – SINTTARESP 
  • Comentar
  • Enviar
  • Imprimir

Ainda não há comentarios. Seja o primeiro a comentar.

Leia Também