Painel do Associado
Seja bem vindo ao
LOGIN DO ASSOCIADO


Voltar
RECUPERAÇÃO
DE SENHA

Atenção, enviamos o e-mail de recuperação de senha para:

Por favor, verifique seu e-mail para recuperar sua senha.

Carregando . . .

Notícia

publicado em 13/11/2023

SPX SOFRE OUTRA DERROTA: PERDE 750 MIL REAIS NA JUSTIÇA

Empresa não cumpriu com obrigações contratuais
O Município de Hortolândia moveu uma ação para declarar a inexigibilidade e nulidade de um título contra a empresa SPX Diagnóstico por Imagem Ltda. Ou seja, a empresa não cumpriu com o contrato e culpou a Prefeitura.

A situação foi que o município alegou que tinha um contrato com a SPX, mas rescindiu devido ao não cumprimento das obrigações (especialmente no âmbito trabalhista) resultando em uma reclamação trabalhista. 

O contrato citado previa que o pagamento só seria liberado após comprovação da quitação das verbas rescisórias. Como a SPX não comprovou o pagamento após a rescisão, o município reteve o pagamento, conforme o contrato. 

No entanto, a empresa protestou judicialmente contra a Administração Pública, alegando valores que o Município contesta e considera indevidos. 

O Município de Hortolândia pediu a suspensão urgente da queixa da SPX e, no mérito, a declaração de inexigibilidade e nulidade dos títulos, ou seja, que não prosperasse, por julgar ser indevida.

O processo foi julgado procedente pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, conforme a petição inicial. Segue a sentença para a apreciação da categoria ao final da matéria.

Todos sabem do que o Sr. Valter Luchetta é capaz para atingir seus objetivos e se intrometer na vida alheia.

Secretário de Comunicação
Georges Ken Norton de Oliveira















  • Comentar
  • Enviar
  • Imprimir

Ainda não há comentarios. Seja o primeiro a comentar.

Leia Também

Convênios e Benefícios

Notícia

publicado em 20/02/2024

SÓCIO COTISTA É FRAUDE? SIM OU NÃO?

Galeria de Fotos

publicado em 14/09/2023

SINTTARESP NO COMBATE AOS PRECONCEITOS!

Jornal do Sinttaresp