X

Emissão de Boletos ACESSE

Últimas Notícias

26/04/2018

SISTEMA CONTER/CRTR’S NÃO FISCALIZA E PROFISSIONAIS SEM HABILITAÇÃO OPERAM EQUIPAMENTOS EMISSORES DE RADIAÇÃO IONIZANTE

Trabalhadores sem formação na área exercem funções de competência dos Tecnólogos e Técnicos em Radiologia



Scanners de aeroportos, presídios, portos e fóruns são emissores de radiação ionizante, o que requer, para sua correta operação, a formação de Tecnólogo ou Técnico em Radiologia. Contudo, devido a ineficiência sistêmica do CONTER, tais aparelhos são operados por pessoas sem a qualificação necessária. Lamentável, pois, verdade seja dita, essa é a principal função do Conselho Nacional e, ainda assim, ele não consegue desempenhar de forma satisfatória.

Em recente visita à Brasília, representantes do SINTTARESP notaram que no próprio Congresso Nacional (na cara do CONTER) existem funcionários sem a qualificação adequada atuando na operação dos scanners corporais, os quais exercem suas funções sem quaisquer recursos de radioproteção, totalmente indiferentes à periculosidade da atividade que executam.

A radiação ionizante é nociva à saúde do trabalhador, mesmo que o equipamento emita baixas taxas de dose. Partindo deste princípio, nota-se que esses profissionais estão expostos à riscos, que poderiam ser evitados se o CONTER cumprisse com o seu papel e fiscalizasse esses locais.

Enquanto seus Conselheiros viajam para congressos e homenagens, os profissionais da Técnicas Radiológicas presenciam esse completo caos, que faz com que a profissão caminhe a passos largos para sua extinção.

Radiologia à mercê

Não é apenas a Radiologia Industrial que está em condições de “abandono”, a Veterinária, Odontológica, e até mesmo a Ressonância Magnética sofre com a invasão de profissionais estranhos à profissão.

E este problema decorre graças a incapacidade da Autarquia Federal quando diz respeito a outros conselhos de classe. Derrotas e mais derrotas são somadas ano após ano, e o maior prejudicado é o profissional que investiu grandes esforços para se formar na área e, muitas vezes, não consegue ingressar ou se recolocar no mercado de trabalho.

Até quando teremos que suportar o descaso do Conselho Nacional com os profissionais da Radiologia? O mínimo que pedimos é que ele cumpra com suas obrigações e respeite a Categoria. Já passou da hora!

 
CONTER: CUMPRA COM SUAS OBRIGAÇÕES, POIS, SEM UMA FISCALIZAÇÃO RIGOROSA, A RADIOLOGIA CONTINUARÁ SENDO INVADIDA!

QUE TAL COMEÇAR POR BRASÍLIA? A SITUAÇÃO QUE PRESENCIAMOS É CAÓTICA!


 
Profissionais sem habilitação operando scanner corporal na Câmara dos Deputados, em pleno Congresso Nacional.
Mais Notícias
« voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 avançar »
www.infosind.com.br