X

Emissão de Boletos ACESSE

Últimas Notícias

19/12/2018

SINDICATO FECHA O CERCO EM JUNDIAÍ E COMBATE GRANDE FRAUDE TRABALHISTA DA QUALIMAGEM SERVIÇOS RADIOLÓGICOS

Empresa faz manobras em desacordo com a lei para suprimir direitos trabalhistas e previdenciários



De olho nas práticas fraudulentas, altamente prejudiciais à Categoria, realizadas pela Qualimagem Serviços Radiológicos, o SINTTARESP fechou o cerco e efetuou denúncias ao Ministério Público do Trabalho e a Delegacia do Trabalho, para que sejam tomadas as providências pertinentes.

A empresa recorrente em casos de descumprimento dos direitos garantidos pela legislação e pela Convenção Coletiva de Trabalho, presta serviços de Radiologia em 10 Instituições de Saúde do interior de Estado, sendo que oito estão localizadas em Jundiaí, e as demais nos municípios de Itupeva e Cabreúva. Veja a lista abaixo:
  • Ortramed Serviços Médicos – Jundiaí/SP
  • Hospital Santa Elisa – Jundiaí/SP
  • COT – Centro de Ortopedia e Traumatologia – Jundiaí/SP
  • Unimed Jundiaí
  • Clínica de Ortopedia e Traumatologia – Jundiaí/SP
  • Hospital Regional de Jundiaí
  • SOBAM – Centro Médico Hospitalar (Hospital Pitangueiras)
  • SOBAM - Centro Médico Hospitalar (Policlínica Itupeva)
  • SOBAM - Centro Médico Hospitalar (Policlínica Jacaré)
  • SOBAM - Centro Médico Hospitalar (Centro de Ortopedia)
Sócios cotistas:

A conduta adotada pela Qualimagem precariza as relações laborais e tem como finalidade a redução dos direitos trabalhistas como: adicional de insalubridade, férias, FGTS, jornada de 24 horas semanais e registro em carteira.

A situação se agrava quando os próprios trabalhadores colaboram e fazem “vista grossa” para a postura reprovável da entidade. Se não, vejamos: a Qualimagem possui 16 sócios em seu quadro societário, entretanto, se fizermos uma conta simples, a empresa precisaria de no mínimo 140 profissionais para atender as 10 Instituições em que presta serviços nos setores de diagnóstico por imagem.

Lamentavelmente, essas fraudes não estão sendo coibidas com veemência pelo Conselho Regional de Técnicos em Radiologia de São Paulo, fato este gera um caos ainda maior na profissão.

É importante esclarecer que os trabalhadores coniventes com essas práticas irregulares, correm o risco de responderem judicialmente pelas as mesmas. Portanto, estejam atentos as consequências que tais negligências podem causar. Aceitar trabalhar nessas condições prejudica a sua classe e desvaloriza a sua profissão! Não seja um sócio cotista!

Mais Notícias
« voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 avançar »
www.infosind.com.br